Instituto da Visão Ribeirão Preto

(16) 4009-2999

Cirurgia de Catarata

Catarata é a denominação dada a qualquer opacidade do cristalino, que não necessariamente afete a visão. É a maior causa de cegueira tratável nos paises em desenvolvimento.
Podemos classificar as cataratas em: congênitas, de aparecimento precoce ou tardias, e adquiridas, onde incluímos todas as demais formas de catarata, inclusive a relacionada à idade. De acordo com sua localização, poderá ser nuclear, cortical ou subcapsular e de acordo com o grau de opacidade, poderá receber a denominação de incipiente, madura ou hipermadura, ou ser classificada em graduação de I-IV de acordo com sua opalescência e coloração.

Catarata incipiente

catarata hipermadura

Quais os fatores de risco para catarata?
As causas não estão bem definidas, porem estudos epidemiológicos revela associação de catarata a idade. Assim, estima-se que 10% da população norte-americana têm catarata e que esta prevalência aumenta em 50% no grupo etário de 65 a 74 anos, enquanto em pessoas acima de 75 anos, a incidência aumenta para 75%.

Inúmeros fatores de risco podem provocar ou acelerar o aparecimento da catarata:
Medicamentos (corticosteróide)
Substanciam tóxicas (nicotina)
Doenças metabólicas (diabetes Mileto, galactosemias, hipocalcemia ,hipertiroidismo,doenças renais) trauma
Radiações (UV, raios-X, e outras) Doença ocular (alta miopia, uveite,pseudoesfolição) Cirurgia intra-ocular previa (fistulaantiglaucomatosa,vitrectomia posterior) Infecção durante a gravidez (toxoplasmose, rubéola) Fatores nutricionaisComo se faz o diagnostico de catarata?

Devemos associar a queixa subjetiva do paciente aos sinais objetivos do exame oftalmológico. As queixas mais freqüentes são:
Diminuição da acuidade visual Sensação de visão “nublada ou enevoada” Sensibilidade maior a luz Alteração da visão de cores
Mudança freqüente na refração Visão dupla

Os sinais objetivos encontrados no exame oftalmológico de rotina são: perda da acuidade visual, mensurada geralmente pela Tabela de Snellen e alteração da transparência do cristalino na biomicroscopia do segmento anterior em midríase, em exame realizado em lâmpada de fenda.

Visão de paciente com catarata

Quais são as indicações para cirurgia?

1- Melhora visual
É a indicação mais comum, principalmente a visão para longe. A cirurgia é indicada apenas se, e quando, a catarata se desenvolve a um grau suficiente que dificulte a realização de atividades diárias essenciais. Se o paciente deseja dirigir ou continuar exercendo uma determinada profissão, a função visual abaixo dos níveis legalmente prescritos pode necessitar a cirurgia de catarata.

2- Indicações médicas
São aquelas em que a catarata esta afetando adversamente a saúde ocular, por exemplo, o glaucoma facolitico ou o glaucoma facomorfico.A cirurgia de catarata para melhorar a transparência dos meios oculares também pode ser necessária no contexto de patologias do fundo de olho(p. ex.,retinopatia diabética)que requer o monitoramento ou tratamento com fotocoagulaçção a laser.

3- Indicações estéticas
Quando uma catarata madura é removida de um olho que já está cego somente para restaurar a pupila negra.

4- Indicação refrativa
É uma indicação controversa, devido ao risco beneficio. A cirurgia é realizada para mudar a ametropia do paciente, geralmente para graus elevados ou pacientes que já apresentam presbiopia e queiram implantar uma lente multifocal.

Quais são os exames complementares antes da cirurgia?

Ao indicar a terapêutica cirúrgica, eles são essenciais no planejamento cirúrgico e pesquisa de doenças associadas, bem como a técnica a ser empregada e o seu momento adequado.

Biomicroscopia do segmento anterior
Exame fundamental para detectar a presença, localização, extensão das opacidades cristalinianas, bem com detectar possíveis fragilidades de zonular e/ou ectopias ou luxação do cristalino, sinais de infamação intra-ocular a e avalias a higidez da córnea, íris, e ângulo da câmara anterior.

Tonometria de aplanação
Exame ideal para medir a pressão intra-ocular. Se ela estiver alterada, outros exames deverão se solicitados, a fim de se esclarecer se existe ou não um glaucoma associado.

Biometria
Cujo objetivo principal é a mediada do comprimento axial do globo ocular, imprescindível para o calculo do valor dioptrico da lente intra-ocular. Poderá ser realizado pelo método do ultra-som, de contato ou imersão, e pela interferometria laser.

Mapeamento de retina ou oftalmoscopia indireta:
Indicada para avaliar o complexo vitreoretiniano, a fim de detectar possíveis doenças e/ou fatores de risco que possam comprometer o resultado terapêutico. É realizado sempre que os meios transparentes do globo ocular o permitam.


Topografia corneana
Método mais acurado do que a tradicional ceratometria,para determinar o valor da curvatura da córnea(K) e importante para o calculo da lente intra-ocular.A topografia é recomendável em situações especiais, como nos casos de pacientes já previamente submetidos a cirurgia refrativa corneanas, bem como será útil para o controle do astigmatismo no pos –operatório, principalmente nos casos de cirurgias combinadas de catarata e transplante de córnea , catarata e astigmatismo cirurgias extracapsulares.Muito útil também para determinar o local da incisão.

Ecografia B ou ultra-sonografia do globo ocular:
Obrigatório quando há opacificação total dos meios transparentes do globo ocular com o objetivo de avaliar o segmento posterior, ou seja, cavidade vítrea, retina, coróide e nervo óptico. Sua indicação é justificável nos olhos com comprimento axial estremo olhos pequenos ou altos hipermetropes e olhos grandes ou alto míopes.

Microscopia especular:
Avalia o endotélio corneano,de cuja capacidade funcional depende a transparência da córnea.Ideal e fundamental no pré-operatório,pois define a técnica e a estratégia cirúrgica a serem empregadas.Também é utilizada no acompanhamento pós-operatório de cirurgia tríplice(catarata,implante LIO e transplante).

Teste de sensibilidade ao contraste:
Útil em olhos com catarata incipiente, porem, sintomática. Situações em que a visão medida na Tabela de Snellen se mostra normal ou próxima do normal, porem o paciente apresenta queixa de alteração no desempenho visual quando varia a iluminação no dia-a dia ou em determinadas profissões.

PAM:
Para avaliar o potencial de visão macular, mesmo através de meios opacos. Quais os tipos de lentes intra-oculares. Uma lente intra-ocular (LIO) consiste da zona óptica (o elemento central refrativo0 e as alças, que se acomodam com estruturas oculares, dessa forma, gerando uma posição correta e estável. A cirurgia moderna de catarata, com a preservação do saco capsular, consegue posicionar uma LIO no local ideal (in the bag).Uma cirurgia complicada,com ruptura de cápsula posterior, pode, entretanto, necessitar de posicionamento alternativo da LIO,na câmara anterior,com alças no o angula da câmara ou presos a íris ou na câmara posterior, com alças no sulco ciliar, poder ser amarrada a esclera(fixação escleral).Os modelos são diversos e continuam evoluindo.As lentes podem ser rígidas(polimetilmetacrilato) ou flexíveis(silicone,acrílico,hidrogel etc).Uma LIO rígida requer uma incisão maior do que o diâmetro da zona óptica,geralmente 5 a 7 mm, para inserção.Uma LIO flexível, entretanto pode ser dobrada e inserida através de uma incisão muito menos.As zonas ópticas podem tem diferentes tamanhos e formas.As LIOs convencionais são monofocais, mas existem as lentes multifocais, que permitem a visão em diferentes distancias.

lente multifocal

implante da lente intra-ocular

Quais o tipo de anestesia?
A anestesia local é a forma mais usada de anestesia para cirurgia de catarata. A anestesia tópica ideal para facoemulsificação através de incisão auto selante corneana,por se tratar de técnica cirúrgica mais rápida,atraumatica e com melhor posicionamento do globo ocular.A efetividade e a praticidade da anestesia tópica já estão comprovadas,mas a seleção dos pacientes deve se cuidadosa e a sedação ou anestesia suplementar podem ser necessárias.
Quais os tipos de cirurgias de catarata?
Extração Extracapsular
Requer uma incisão límbica circuferencial relativamente maior (8 a 10 mm), através da qual o núcleo do cristalino é extraído inteiro e o material cortical aspirado, mantendo intacta a cápsula posterior. Nesta técnica são necessários vários pontos para fechar a incisão e a recuperação cirúrgica e visual é mais demorada. A LIO é, depois, inserida. Esta cirurgia é raramente indicada ou quando há complicações na técnica de facoemulsificação.

Técnica extracapsular facoemulsificação

É o método preferencial de extração da catarata na ultima década. Uma agulha de orifício pequeno, normalmente de titânio, acoplada a uma caneta contendo um cristal piezoelétrico, vibra longitudinalmente em freqüências ultra-sônicas. A ponteira é aplicada sobre o núcleo do cristalino; a cavitação ocorre na ponteira, conforme o núcleo é emulsificado;um sistema de irrigação/aspiração remove o material emulsificado do olho.A LIO é então inserida(se dobrada) ou injetada através de uma incisão muito menor do que na (EECC).A menor incisão faz com que a cirurgia seja mais segura,já que a descompressão do olho é evitada.O procedimento está associado a pouco astigmatismo pós-operatório, recuperação e
estabilização da refração mais precoce.

Técnica de facoemulsificação


A cirurgia de catarata está indicada para mim? Este tipo de cirurgia tem sucesso de 95% em pacientes com olhos saudáveis. Mas nenhuma cirurgia é livre de risco. Embora complicações graves não são comuns, quando elas ocorrem podem levar a perda de algum grau de visão.
Se você tem catarata nos 2 olhos, o melhor é esperar a recuperação do primeiro olho para poder opera o segundo. Se você tem apenas um olho com boa visão, deve pesar os riscos e benefícios da cirurgia.
Você poderá ter a decisão correta se for bem orientado sobre os prós e contras de se fazer a cirurgia. Peça para seu medico explicar tudo que você não entendeu. Não pode haver nenhuma duvida quando se trata de cuidado medico. Aqui estão algumas questões que você deve perguntar:

Melhora nas atividades

Possíveis complicações

  • Atividades diárias
  • dirigir
  • leitura
  • trabalhar
  • movimentar
  • Atividades sociais
  • Hobbies
  • segurança
  • auto-confiaça
  • independência
  • Aumento da pressão intra-ocular
  • sangramento
  • infecção
  • Deslocamento de lente intra-ocular
  • Queda da pálpebra
  • Descolamento de retina
  • Edema de córnea



Crystalens ®


ReSTOR ®

Lentes Multifocais
Os cirurgiões do Instituto da Visão foram uns dos primeiros na região a implantar o mais recente avanço na correção da visão, a visão plena com lentes para presbiopia ReSTOR e Crystalens. Estes são os procedimentos cirurgicos que pode restaurar a visão clara para a leitura, o computador e a distância em ambos os olhos sem óculos.

Quais são as lentes Multifocais?
Existem agora duas lentes Multifocais (LIO) no Instituto da Visão -, ReSTOR ® e Crystalens ®. Todas são novas tecnologias aprovada para a correção da visão que permitem idosos a experimentar a uma visão à distância, intermediária e visão de perto natural e muito boa. As lentes intraoculares são de acrilico ou silicone e é implantado cirurgicamente e substitui a lente natural do olho, o cristalino que se torna opaco com a idade(catarata). Essas tecnologias têm a mesma segurança de décadas implantes de lentes tradicionais, mas também pode fornecer o que muitos para nossos pacientes o que eles realmente querem: maior liberdade de óculos - e não apenas os óculos à distância, mas os leitores também. Esta cirurgia pode permitir que muitas pessoas em seus quarenta e tantos anos e mais velhos (com catarata) para retornar à visão que tinham quando eram mais jovens e não precisam de óculos.

A Crystalens ® combina a visão à distância de um implante de lente tradicional com uma dobradiça flexível que pode oferecer aos pacientes, a visão natural intermediária e perto também. A lente se baseia em mais de 30 anos de experiência com a tecnologia de lente de catarata implante para melhorar e rejuvenescer a visão de modo que os pacientes podem mais realizar, e com freqüência, todas as suas necessidades visuais sem óculos.

A lente ReSTOR ® utiliza uma nova estratégia para a coleta e distribuição de luz e não depende de os músculos focalizadores, que podem perder a eficácia com a idade.

Quem pode implanar lentes Multifocais?
Apenas um cirurgião de olhos experiente pode determinar se um paciente é um bom candidato para estes procedimentos. O melhor candidato é superior a 50, pouco astigmatismo, e os olhos que são saudáveis, além de ter catarata. Pacientes com glaucoma, de dentro para o olho-inflamação (irite ou uveíte), retinopatia diabética, doença macular, doença ocular ou outros ativos não podem ser candidatos para a lente. LASIK prévio não exclui necessariamente um paciente de ser um candidato para uma avançada tecnologia de procedimento de implante da lente.

O que é lente Multifocal?
A lente Multifocal é um novo tipo de state-of-the-art de lente intraocular que pode fornecer uma gama completa de visão, de perto de longe, na maioria dos pacientes. O procedimento para a remoção da lente natural e implantação da tecnologia avançada IOL é o mesmo que tem sido usado há anos em cirurgia de catarata, mas o resultado é uma gama completa de visão, significativamente reduzindo ou eliminando a necessidade de óculos ou lentes de contato.

O que faz lentes Multifocais diferiren das lentes intraoculares comuns?
Ao contrário de uma lente intraocular normal, as lentes Multifocais podem focalizar objetos próximos e distantes. A Crystalens ® é projetado para ser focado pelo músculo natural do olho, a lente ReSTOR ® tem design de superfície especial que traz objetos próximos e distantes em foco, sem assistência do músculo. Ambos são destinados a fornecer a maioria dos pacientes uma gama completa de visão sem a necessidade de lentes corretivas. Com LIOs comuns, a maioria das pessoas deve contar com óculos ou lentes de contato para visão de médio e próximo.

Implantar LIOs tecnologia avançada fornecem uma visão 20/20 para ambos leitura e à distância?
Lentes Multifocais foram criadas para fornecer uma gama completa de visão, perto de distância. Quase toda a gente vai encontrar a sua visão não corrigida significativamente melhor após a cirurgia, mas alguns não verão 20/20 através da gama completa de visão.

Fatores fisiológicos pré-existentes ocular e podem impedir gama completa visão 20/20. O seu médico irá aconselhá-lo de quaisquer condições que possam afetar o resultado de sua cirurgia individual.

Em um estudo FDA dois anos clínicos, 92 por cento dos participantes com Crystalens ® em ambos os olhos atingidos 20/25, ou melhor, visão à distância, 96 por cento conseguiram 20/20 no comprimento do braço (visão central), e 73 por cento conseguiram 20/25 perto visão sem óculos ou lentes de contato.

Para aplicar os resultados do estudo para a vida real, 98 por cento dos participantes foram capazes de passar por exames de motorista olho licença, e ler jornais e listas telefônicas. Todos eles poderiam ler uma tela de computador, painel de instrumentos, e etiquetas de preços de supermercados, todos os participantes do sexo feminino poderia aplicar maquiagem.

Em estudos clínicos da FDA ReSTOR ®, 80 por cento dos participantes com lentes de reposição em ambos os olhos não usar óculos ou lentes de contato após o procedimento, 84 por cento conseguiram 20/25 ou melhor visão à distância e 20/30 ou melhor visão de perto e podia ler pequena cotações de ações em um jornal.

Como lentes Multifocais afetam a visão intermediárias para tarefas como trabalhar no computador?
Como ele se compara aos óculos multifocais?

Lentes Multifocais vão melhorar muito a visão intermediária, do comprimento aproximadamente braço, usado para tarefas tais como usar um computador, visualização de painel de instrumentos, ou a leitura de etiquetas de preços dos supermercados.

Não há comparação com o incômodo de óculos multifocais. Não importa a distância, perto, médio ou distante, as LIOs de tecnologia avançada pode colocar sua visão em foco, sem o incómodo de inclinar a cabeça para ver claramente.

Como lentes Multifocais vão afetar visão na penumbra?
Uma vez que o procedimento de implante de lente substitui a lente natural nublada (catarata) por uma lente cristalina, a transmissão de luz para a retina deve ser reforçada. No entanto, visão na penumbra é influenciada por outros fatores, incluindo a saúde dos olhos em geral, e da retina, em particular. Com o tempo, é normal que visão na penumbra a diminuir. Iluminação adequada é sempre benéfico, especialmente quando a leitura.

Eu sou um bom candidato para implantar lentes Multifocais para melhoria da visão?
Apenas um oftalmologista experiente pode avaliar suas necessidades e recomendar cuidados com a visão de um curso personalizado de tratamento.

A maioria das pessoas em bom estado geral é bons candidatos para LIOs tecnologia avançada. Exceções são aquelas que já tiveram a cirurgia de catarata. Aqueles que tiveram a cirurgia refrativa corneana podem ser bons candidatos, se aprovados por um médico. Eles podem exigir um procedimento adicional para alcançar o melhor resultado. Aqueles com diabetes não controlada, infecções crônicas, e alguns outros problemas de saúde não deve fazer a cirurgia de substituição da lente até que estas condições estão sob controle.

O médico implanta lentes Multifocais em ambos os olhos, ao mesmo tempo?
Para o melhor resultado, LIOs de tecnologia avançada devem ser implantadas em ambos os olhos. A catarata geralmente se desenvolve em ambos os olhos, ao mesmo tempo. Para o paciente típico, embora ambas as lentes necessitem de substituição, a maioria dos cirurgiões prefere não fazê-las, ao mesmo tempo.

O procedimento normal é substituir a lente que é mais nublado em primeiro lugar. Se ambos somos igualmente nublados, o médico normalmente irá substituir o cristalino no olho não dominante em primeiro lugar. O intervalo entre as cirurgias depende da cura do primeiro olho e os resultados da visão; uma a três semanas é típico.

Quanto tempo dura o procedimento? É doloroso?
A real implantação das Lios de tecnologia avançada leva cerca de 10 minutos; toda a visita ao centro cirúrgico normalmente leva menos uma hora.

O paciente chega cerca de uma hora antes do procedimento e aguarda dilatar a pupila.

Uma vez que o paciente está na maca cirúrgica, a lente antiga(catarat) é removida e a substituida pela lente artificial inserida através de uma pequena incisão. Pode haver sensação de pressão no olho, mas nenhuma dor.

Após a cirurgia, mais gotas oculares são aplicadas para prevenir a infecção diminuir a inflamação, e manter a pupila dilatada. Um oclusor de proteção é geralmente colocado sobre o olho. Uma vez em casa, o paciente deve descansar e evitar atividades extenuantes. O médico irá examinar o olho no dia seguinte e aconselhar o paciente sobre o curso adequado de recuperação, que incluirá continuar colírio por algumas semanas.
Certifique-se de arranjar alguém para te levar para casa após o procedimento e esteja com acompanhante.

Qual é a probabilidade de complicações, e que poderia ser?
As lentes Multifocais são revolucionárias, porque, ao contrário LIOs comuns, proporcionam visão multifocal. Eles também são evolutivos, já que o procedimento atual para a implantação é o mesmo que a cirurgia de substituição de catarata lente regular, que tem sido praticada há décadas. O procedimento básico é realizado em mais de sete milhões de olhos a cada ano, e tem-se revelado extremamente segura, mas há sempre a chance de complicação com a cirurgia, mesmo as mais rotineiras.

A maioria das complicações, como infecções menores, inflamação e irritação, são temporárias e facilmente tratadas. Tal como acontece com todos os procedimentos cirúrgicos, o cirurgião oftalmológico irá realizar uma análise aprofundada e fornecer uma avaliação completa dos resultados esperados e possíveis complicações.

Como a visão melhora após a cirurgia?
Depois da cirurgia, a visão melhora de forma gradual.A visão para distância será geralmente muito boa dentro de um ou dois dias após a cirurgia. Com a lente ReSTOR ®, você vai ver uma melhora na visão de perto em geral os primeiros dias, embora alguns pacientes podem demorar mais tempo. Com a Crystalens ®, o retorno de visão de perto pode levar mais tempo, pois requer o uso de focar os músculos que podem não ter sido usados por anos.

Para promover o alinhamento adequado do Crystalens ®, as gotas são aplicadas após a cirurgia para evitar que os músculos dos olhos de mover a lente. Estes também dilatam a pupila, causando sensibilidade à luz. O efeito dessas gotas irá diminuir gradualmente ao longo de uma ou duas semanas.
Para pacientes com implantes Crystalens ®, a melhoria da visão intermediária e perto geralmente começa cerca de duas semanas após a cirurgia. Óculo de leitura deve ser interrompido neste momento, para promover o fortalecimento do músculo do olho e treinando-o para se concentrar em uma nova maneira. Atingir o potencial foco completo pode levar vários meses. Quanto mais você tenta ler sem óculos de leitura, o mais rápido seus olhos vão ser treinados para se dar bem sem elas. Após a cura, alguns doentes podem apresentar visão ligeiramente diferente em cada olho. A pequena diferença é normal, mas, se a diferença é significativa, a cirurgia refrativa pode ser recomendada, podendo também ser recomendado para corrigir o astigmatismo.

Embora os resultados variem de paciente para paciente, a visão de perto, a distância e intermediária são boas. Alguns pacientes ainda necessitam de óculos ou lentes de contato com uma receita leve para a visão melhor em situações extremas. Alguns pacientespodem ter melhor visão do que outros, mas praticamente todos vão ver melhor com a substituição da lente opacificada( catarata).

A Cirurgia de implante é destinada a corrigir deficiências na lente natural do olho, e não vai resolver os problemas de visão relacionados a outras partes do olho, como as moscas volantes, flashes, ou perda de campo visual.

Esta informação é geral e não pretende aplicar completamente e, especificamente, a qualquer paciente individual. Somente uma consulta com um profissional experiente olho cirurgia pode revelar todas as circunstâncias aplicáveis ​​ao paciente individual.

O implante de lente causa problemas de dirigir à noite, e sensibilidade à luz?
A sensibilidade brilho, problemas de dirigir à noite, e a luz podem ocorrer com implantes de lentes tradicionais e tecnologia avançada. Problemas de visão noturna são geralmente muito menos grave do que antes da cirurgia de catarata. Estes fenômenos são geralmente temporários e diminuir à medida que o cérebro e os olhos ajustar.

Sensibilidade à luz é geralmente temporária. O material cristalino da tecnologia avançada IOL quase sempre permite que mais luz passe através do que a lente natural que substitui, de forma que alguns pacientes pode ter que ajustar a ver luzes de cores vivas e brilhantes do que antes da cirurgia.

Todas as lentes intra-ocular pode produzir reflexos, flares luz, ou um efeito de halo, à noite, uma vez que a pupila está mais aberta e permite que a luz reflete fora da borda do implante. O seu médico, através de óculos ou medicação, geralmente pode compensar esses problemas.

Quanto tempo após a cirurgia de implante de lente serei capaz de retomar suas atividades normais?
A maioria dos pacientes requer apenas alguns dias para retomar as atividades normais, com algumas limitações e adaptações. Alguma sensibilidade ao toque e luzes brilhantes não deve deter a maioria dos pacientes de dirigir e voltar ao trabalho.

Pacientes pode ser dada medicação para prevenir a infecção e inflamação de controle. Um protetor ocular pode ser aconselhável durante o sono, e óculos de sol pode fornecer proteção durante o dia.

Por vários dias após a cirurgia, os pacientes devem evitar qualquer levantamento de peso ou esforço pode aumentar a pressão no olho. Fricção ou empurrando do olho e qualquer situação que possa resultar em ser atingido no olho também devem ser evitados.

Banho cuidadoso e shampooing são permitidos. Qualquer maquiagem ao redor dos olhos deve ser evitada durante várias semanas. Piscinas públicas, banheiras de hidromassagem, e outras fontes potenciais de contaminação bacteriana também devem ser evitados.

Quantas vezes eu preciso ter os olhos verificados após a cirurgia?
Seu médico irá verificar os seus olhos um dia após a cirurgia, e, dependendo de seu caso particular, novamente depois de aproximadamente duas a quatro semanas, e novamente depois de cerca de 3-6 meses. Depois disso, exames de vista anuais são recomendados, a não ser um problema específico se desenvolve.



Lentes Intraoculares Tóricas (correção da catarata e do astigmatismo em um só passo)

Até há pouco tempo o uso dos óculos era a única alternativa para aproximadamente 30% de pessoas que, mesmo após a cirurgia de catarata com o implante da lente convencional, ainda permanecem com a vista borrada ou distorcida por também apresentarem astigmatismo. As avançadas lentes intraoculares tóricas vieram resolver esse problema, propiciando qualidade de visão de longe e corrigindo o astigmatismo em um só passo.

A técnica para que se possa implantar a lente tórica, o olho do paciente é anestesiado, o médico pinga um colírio e adiciona uma pomada ao redor da pálpebra. Com o olho anestesiado é feita uma incisão de 2,2 milímetros no globo ocular e ao mesmo tempo é aspirado o cristalino, pela técnica da facoemulsificação.

A lente intraocular do tipo tórica que substituirá o núcleo do cristalino é colocada de forma que fique apoiada na cápsula posterior do cristalino.
A cirurgia demora em média 10 minutos. O paciente não precisa ficar internado. A recuperação é rápida e em dois dias ele pode retornar ao trabalho.



Quase toda córnea tem aberrações positivas. Uma pessoa jovem tem o cristalino com um formato que compensa estas aberrações da córnea e, com isso, a visão dos jovens é muito boa. Porém, com a idade, o cristalino vai se modificando e não mais corrige a aberração corneana, piorando assim a visão e a sensibilidade ao contraste.

Com o advento das lentes asféricas, restauramos a condição óptica dos olhos de quando são jovens, e a visão é muito melhor comparada com as lentes intraoculares esféricas.
Estudos recentes comprovam que as lentes asféricas, proporcionam melhor sensibilidade ao contraste, além de melhor visão e consequentemente, melhor qualidade de vida.

 

Veja também

Instituto da Visão de Ribeirão Preto

Avenida Independência, 2509 - Jardim Sumaré
CEP 14025-390 - Ribeirão Preto SP - Telefone (16) 4009-2999

GS3 Internet